• Entre um caos e outro, duas serra-talhadenses fazem a diferença

    A ideia surgiu quando uma das mulheres acompanhavam as notícias das calamidades: “me comovi com aquilo e pensei, vou ajudar”; disse Andreza.

    Vivemos um período crítico em nosso país, bem como as cidades do interior como Serra Talhada, que sofre não só com o COVID-19.

    O rio Pajeú decidiu tomar seu lugar nos últimos dias e desabrigou algumas famílias e comerciantes, as pessoas em situação de rua, são às mais vulneráveis a isso tudo, sem teto, sem alimento, expostas ao Coronavírus, e sofrendo com a chuva nesses últimos dias, alguns deles se recusam a ir para o abrigo que o governo municipal disponibilizou.

    Diante de tantas dificuldades, Andreza e Iraildes, se uniram a amigos e parentes para pedir auxílio, e, assim poder ajudar essas pessoas - produziram 100 (cem) marmitas de sopa - tiveram doações como: lençóis, alimentos, e confeccionaram máscaras de TNT como um paliativo, já que não se encontra mais em farmácias.

    Vale ressaltar que a Organização Mundial da Saúde não recomenda nenhum tipo de máscara de tecido ou improvisada, mas tão valiosa quanto a prevenção, foi essa linda lição de amor ao próximo.

    Quando perguntamos sobre o sentimento em poder ajudar estas pessoas as jovens externaram, “estamos muito feliz em ajudar, não tem coisa mais gratificando do que receber um sorriso, está faltando muito amor ao próximo, tem pessoas que não se importam com o outro”, disse.

  • Flores: Prefeitura vai reduzir salários de comissionados e conceder kit alimentação para os alunos

    Com o aumento do número de casos de pessoas infectadas pelo o novo Coronavírus em Pernambuco, Marconi Santana Prefeito de Flores-PE, esteve reunido no final da tarde deste domingo (30), com os membros do Comitê Extraordinário de Contingência ao COVID -19.

    “Nossa orientação foi para que as decisões tomadas através de decretos estaduais, municipais e recomendações do Ministério Público de Pernambuco continuem sendo cumpridas”, disse Marconi.

    Durante a reunião foi iniciada a elaboração de um novo decreto onde o gestor municipal decidiu, que a merenda escolar será garantida através de kits de alimentação, e, em diminuir os salários de todos os cargos comissionados; “já prevendo o impacto financeiro que vamos sofrer nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios – FPM”, explicou o prefeito completando:

    “A partir de quarta-feira (04) de abril, vamos dá início a distribuição de kit alimentação para todas as famílias de alunos da rede municipal de ensino. Alunos matriculados na nossa rede municipal, repito, vão receber alimento em suas residências, não sendo necessário vir à escola retirar o seu kit para evitar aglomeração e o descumprimento de medidas sanitárias”, destacou.

    A Secretaria de Educação Graciete Braga frisou, “que são famílias que neste momento estão precisando de ações emergenciais da gestão municipal e vamos garantir alimento levando em consideração os valores nutricionais e segurança alimentar dos nossos alunos”, disse.

  • Assessor de deputado positivo para Coronavírus, assegura que não é suspeito de contaminação

    Em nota ao blog de Júnior Campos na manhã deste domingo (19), Evandro Lima, Assessor Parlamentar do Deputado Federal, Pastor Eurico explicou que não tem contato físico com o parlamentar há mais de 30 (trinta) dias e que não é um caso suspeito de Coronavírus.

    O Pastor Eurico, deputado federal de Pernambuco, divulgou nas redes sociais, neste sábado (28), ter testado positivo para o novo coronavírus. Com esta confirmação, o deputado, de 57 anos, se torna o primeiro parlamentar pernambucano a ser contaminado pela Covid-19.

    NOTA AO BLOG DE JÚNIOR CAMPOS

    Considerando a notícia  de que o Deputado Federal Pastor Eurico recebeu resultados positivos de exames do novo Coronavírus (COVID-19) e, tendo em vista as inúmeras ligações e mensagens de Whatsapp que venho recebendo de amigos e correligionários sobre se  mantive contato físico com o Deputado ou se fui exposto ao vírus, informo que HÁ MAIS DE 30 DIAS QUE NÃO TENHO CONTATO FÍSICO COM O DEPUTADO PASTOR EURICO, pelo fato do mesmo ter ido a PORTUGAL no mês passado e retornado semana retrasada à Brasília, onde participou de muitas reuniões e votações que exigem o momento e pelas restrições de muitos voos comerciais da capital federal até o Estado de Pernambuco.

    Dessa forma, afirmo que não estou suspeito de contaminação e peço a todos que orem a Deus pela rápida recuperação do nobre Deputado Pastor Eurico nesse momento grave.

    Evandro Lima

  • MPPE alerta prefeitos que descumprimento de medidas sanitárias pode motivar intervenção estadual

     

     

    O procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, publicou neste sábado, a Recomendação PGJ n.º 16, que dispõe sobre a impossibilidade de que os gestores municipais determinem a reabertura do comércio local ou qualquer outro ato administrativo que vá de encontro à Lei Federal n.º 13.979/2020 e, por consequência, os Decretos Federal n.º 10.282/2020 e Estadual nº 48.809/2020 e suas alterações.

    Caso os gestores descumpram as medidas sanitárias, principalmente as medidas de quarentena, o município poderá sofrer intervenção estadual. "Todos os entes e diversos órgãos estão ensejando tentativas de contenção da pandemia da Covid-19. E, além disso, tem chegado ao conhecimento do Ministério Público de Pernambuco que alguns prefeitos promovem movimentos de flexibilização, ou até mesmo de descumprimento, das normas restritivas emanadas das autoridades sanitárias no âmbito federal e estadual. Assim estamos expedindo essa recomendação, alertando, principalmente, sobre as penalidades que podem decorrer do descumprimento", disse o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, no texto da recomendação.


    Os promotores de Justiça de todo o Estado, principalmente aqueles que têm atuação na defesa do Patrimônio Público, por delegação da Procuradoria-Geral de Justiça, foram orientados a notificar os prefeitos em suas respectivas localidades, sobre o conteúdo da Recomendação exarada.


    Além de adotar as providências necessárias para que sejam cumpridas em todos municípios do Estado as normas sanitárias federais e estaduais, promovendo, inclusive, medidas administrativas ou judiciais. O promotor de Justiça pode solicitar, inclusive, reparação dos danos materiais, caso seja criado ônus financeiro ao Sistema Único de Saúde (SUS), decorrentes do descumprimento.


    A recomendação foi encaminhada aos promotores de Justiça de todo o Estado e também para a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) para que seja dada ampla divulgação aos gestores municipais. "O afrouxamento das normas de quarentena impostas pelo Estado de Pernambuco, sem qualquer estudo técnico, poderá colocar em risco o sucesso das ações de enfrentamento da pandemia, vindo a provocar não só a falência do sistema de saúde pernambucano,  como muitas vidas perdidas", reforçou o PGJ no documento.

     

  • Sobe para cinco o numero de mortes por coronavírus em Pernambuco

    Neste sábado (28), foi confirmada a quinta morte por coronavírus no estado de Pernambuco. A última vítima fatal foi uma mulher de 69 anos, do Recife, que faleceu na última sexta, em um hospital privado. Ela se tratava de uma leucemia.

    A mulher procurou um serviço privado na quarta (25.03) e foi transferida para outro na quinta (26.03), onde permaneceu em UTI. Com esse, são 5 mortes pelo novo coronavírus, sendo 4 homens e esta primeira mulher. As faixas etárias são: dois entre 60 e 69 anos, um entre 70 e 79 anos e dois acima de 80. Em relação ao local de residência, quatro são do Recife e um estrangeiro. 
     
    Nas últimas 24h, a SES-PE também confirmou mais 11 casos do novo coronavírus, sendo cinco homens e seis mulheres, na faixa etária dos 30 aos 89 anos. Com isso, já são 68 casos confirmados no território pernambucano. 

  • Flores-PE tem o primeiro caso suspeito de Coronavirus

    A Prefeitura de Flores, através da Secretaria de Saúde, confirmou o primeiro caso suspeito de Coronavirus no município. O paciente tem 55 anos, residente no Povoado de São João dos Leites e deu entrada no Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães, em Serra Talhada, com quadro sintomático peculiares.

    O Secretário de Saúde, Adriano Vieira,confirmou que sua equipe, já iniciou o monitoramento da família e os conduziu ao isolamento.

     

     
     
     
     
    Ver essa foto no Instagram
     
     
     
     
     
     
     
     
     

    A Prefeitura de Flores, através da Secretaria de Saúde, confirmou o primeiro caso suspeito de Coronavirus no município O paciente tem 55 anos, residente no Povoado de São João dos Leites e deu entrada no Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães, em Serra Talhada, com quadro sintomático peculiares. O Secretário de Saúde, Adriano Vieira,confirmou que sua equipe,  já iniciou o monitoramento da família e os conduziu ao isolamento.

    Uma publicação compartilhada por Júnior Campos (@junior_campos.j) em

  • Governadores do Nordeste se dizem indignados com Bolsonaro e criticam ação contra isolamento

     

    Os governadores do Nordeste divulgaram, nesta sexta (27), uma carta aberta e manifestam “profunda indignação” com a postura do governo federal diante das ações para conter a pandemia do novo coronavírus.


    Segundo os gestores, a União contraria a orientação de entidades, que indicam o isolamento social como melhor forma de conter a doença, e promove campanhas contra a quarentena. “Este tipo de iniciativa representa um verdadeiro atentado à vida”, afirmam.


    A carta foi redigida e assinada pelos nove governadores, depois de uma reunião por videoconferência. Os gestores também exigiram “respeito por parte da Presidência da República”, esperando que “cessem, imediatamente, as agressões contra os governadores, assumindo-se um posicionamento institucional, com seriedade, sobre medidas preventivas”.


    Para os gestores, a “omissão em padronizar normas nacionais e a insistência em provocar conflitos impedem a unidade em favor da saúde pública”. Para eles, assim, “expõe-se a vida da população, além de assumir graves riscos no tocante à responsabilidade política, administrativa e jurídica.”


    Os gestores do Nordeste também ressaltaram estar "abertos ao diálogo", neste "esforço que precisa ser coletivo, tendo como meta a superação da ameaça representada por esta doença, que continua matando milhares de pessoas".


    "Temos absoluta convicção de que o diálogo, o equilíbrio e a união serão sempre o melhor caminho para revertermos este quadro crítico. Seguimos firmes e vigilantes em defesa da vida das pessoas, inclusive na luta para impedir atos que possam significar riscos à saúde pública", afirmaram, na carta.

  • MP recomenda polícia de Flores cumprir código penal; venda de itens não alimentícios seguem suspensa

     

    27/03/2020 - Na tentativa de conter as contaminações pelo Coronavírus, assim como manter a ordem e a defesa do consumidor, o Ministério Público de Pernambuco continua expedindo recomendações para as autoridades executivas e legislativas dos municípios pernambucanos, assim como para comerciantes e representantes das polícias Civil e Militar, gestores do Sistema Único de Saúde (SUS), entre outros. Durante essa semana, 44 municípios foram alertados sobre as diversas medidas que precisam ser tomadas de acordo com os Decretos estaduais nº 48.809, 48.822, 48.830, 48.831, 48.832, 48.833, 48.834 e 48.836/2020, que foram assinados pelo governador Paulo Câmara.


    Bares, restaurantes, lanchonetes e similares precisam suspender o funcionamento das atividades, apenas atendendo exclusivamente por entrega em domicílio e como pontos de coleta. Já salões de beleza, barbearias e cabeleireiros devem parar de funcionar. Só o comércio destinado ao abastecimento alimentar da população, como padarias, feiras livres de produtos hortifrutigranjeiros, mercados e supermercados, bem como os restaurantes e lanchonetes localizados em unidades hospitalares e de atendimento à saúde, nem a postos de gasolina, casas de ração animal, depósitos de água mineral e gás podem funcionar.


    Nos pontos comerciais deve haver organização de filas a fim de organizar o fluxo de pessoas e evitar aglomeração, assim como cartazes e áudios sobre a distância mínima entre elas. Também é necessária a higienização constante dos itens de compartilhamento comunitário (carrinhos e cestas de compras, balcões etc.) 


    Farmácias/drogarias, estabelecimentos de venda de artigos hospitalares, mercados e supermercados não podem aumentar arbitrariamente preços de produtos voltados à prevenção e proteção do Coronavírus, sobretudo álcool em gel, máscaras cirúrgicas, máscaras descartáveis elásticas e luvas. Os que já elevaram os preços, que retornem aos valores anteriores, bem como em caso de alta demanda, limitem a quantidade de produto por consumidor, visando que, tanto quanto possível, toda a população e consumidores tenham acesso aos produtos de higiene e saúde.


    Os dirigentes das igrejas precisam se abster de realizar eventos públicos, incluindo procissão, celebrações eucarísticas e cultos com a participação da população, a fim de evitar aglomerações, podendo promover celebrações de forma virtual ou por meio de qualquer outro meio de comunicação (redes sociais, rádios comunitárias, etc). Já os proprietários de clubes, salões de festas, casas de shows, casas de jogos, academias de ginástica, etc., devem suspender o funcionamento.


    O Comando local da Polícia Militar precisa fiscalizar eventos de qualquer natureza em que haja aglomeração de pessoas, bem como que seu descumprimento seja comunicado à autoridade policial para apuração quanto à caracterização do crime contra a saúde pública e administração pública, tipificado no art. 268 e art. 330, ambos do Código Penal. Os policiais têm ainda que realizar o procedimento de flagrância em caso de aumento abusivo das mercadorias, art.3, VI da Lei 1.521, além de prestar apoio às autoridades sanitárias nas feiras municipais no sentido de evitar aglomeração e venda e produtos não alimentícios.


    Bancos e lotéricas devem organizar as filas, com distância mínima entre as pessoas de 1,5m, assim como limitar a quantidade de gente dentro da unidade. Obras de construção civil devem ser paralisadas, com ressalva as essenciais (hospital, abastecimento de água, gás, energia e internet), necessárias ao controle da pandemia.


    As Prefeituras devem divulgar as orientações de saúde e combate ao Coronavírus através de meios de comunicação (rádios, blogs, jornais, carros de som, etc.) e emitir portarias orientando população sobre os velórios que devem ser limitados estritamente a presença de pessoas (amigos e familiares), com no máximo dez pessoas no ambiente, respeitando a distância entre elas. Em caso de morte confirmada por Coronavírus fica proibida a realização de velório, devendo o corpo ser enterrado imediatamente.


    Caso haja notícia de que algum proprietário de estabelecimento comercial que não esteja cumprindo a determinação governamental e que ensejou a atuação desta representante ministerial, envide esforços no sentido de revogar a autorização de funcionamento.


    Os municípios alertados foram São José do Belmonte, Pombos, Chã Grande, Mirandiba, Carnaubeira da Penha, Floresta, Serrita, Cedro, Cachoeirinha, Jaboatão dos Guararapes, Condado, Abreu e Lima, Cortês, Quipapá, São Benedito do Sul, Gameleira, Gravatá, Araripina, Ipubi, Belém de Maria, Água Preta, Xexéu, Maraial, Igarassu, Araçoiaba, São Bento do Una, Tupanatinga, Venturosa, Primavera, Moreilândia, Sanharó, Calumbi, Flores, Arcoverde, Alagoinha, Belo Jardim, Buíque, Ibimirim, Inajá, Manari, Pedra, Pesqueira, Poção, Verdejante e Vitória de Santo Antão.

  • Com quatro mortes pelo coronavírus confirmadas, Pernambuco investiga mais seis óbitos

    Pernambuco registrou, nesta sexta-feira (27), a quarta morte - de um morador do Vasco da Gama, no Recife - relacionada ao novo coronavírus. O estado investiga ainda seis óbitos de pacientes que apresentaram sintomas de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), mas que ainda não têm laudo concluído em relação ao agente causador. Ao todo, são 57 casos confirmados da Covid-19 no estado. Desses, sete pacientes estão curados. Pela primeira vez, casos foram confirmados em Fernando de Noronha, Camaragibe e Goiana.

    A quarta morte relacionada ao coronavírus foi a de um homem de 82 anos, que morava no bairro Vasco da Gama, Zona Norte do Recife. Ele faleceu na última quarta-feira (25), mas o resultado laboratorial que confirmou o contágio por coronavírus só saiu nesta sexta. O idoso, que deu entrada no Hospital dos Servidores do Estado (HSE) na terça (24), não apresentava histórico de viagem ou contato com caso suspeito ou confirmado, ou seja, trata-se de um caso de transmissão comunitária.

  • Carreata contrária a vida teve um público de zero pessoas em Serra Talhada

     

     

    A carreata contra o isolamento social, devido a pandemia pelo Coronavírus, que prometia dar o que falar na capital do xaxado, teve um público de zero pessoas. O movimento contrário a preservação da vida, estava programado para sair às ruas de Serra Talhada às 16h30. Homens da Polícia Militar e da STTRANS estiveram no local.

    A “carreata da morte”, como vem sendo chamada, tinha o propósito de fortalecer o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro, que prega o discurso de voltar à normalidade, o que vai de encontro a decisão do ministério da saúde.

    Pela lei federal, 13.979/2020 e decreto estadual 48.836/2020, o período de isolamento social, será mantido, como medida de segurança contra o covid-19.

    Segundo o advogado sanitarista Esterfferson Nogueira, a orientação foi de suspensão do movimento que aconteceria hoje sexta-feira (27).

    “Orientamos a suspensão desse movimento, resguardado outro tipo de manifestação remota e não presencial como permite a lei, diante da legitimidade das reivindicações da classe empresária e de trabalhadores” declarou.

    Durante uma live hoje à tarde, o prefeito de Serra Talhada, intitulou a possível carreata de “ um ato desnecessário de desobediência cível” afirmou Duque, e reforçou o período de quarentena em que vive o município e mundo, orientando os serra-talhadenses a se manterem em suas residências.

  • Quarta morte pelo novo coronavírus é registrada em Pernambuco

    Nesta sexta-feira (27), Pernambuco confirmou, laboratorialmente, mais uma morte pela Covid-19. Trata-se de um homem de 82 anos, residente do bairro Vasco da Gama, Zona Norte do Recife, que morreu na última quarta-feira (25). O idoso, que deu entrada no Hospital dos Servidores do Estado (HSE) na terça (24), não apresentava histórico de viagem ou contato com caso suspeito ou confirmado, ou seja, trata-se de um caso de transmissão comunitária.