• Prefeitura Flores abraça projeto de transparência e participação social da Amupe

    Buscando aprimorar as ferramentas de trabalho para garantir mais transparência dos atos públicos e, com uma maior participação social; Secretários municipais, vereador e servidores da Prefeitura de Flores estiveram reunidos, nesta terça-feira (19), com AMUPE – Associação Municipalista de Pernambuco, representada por Eliana Rocha discutindo o Projeto Transparência e Participação Social na Gestão Pública Local, já abraçado pelo Município quando se inscreveu no edital do projeto em abril deste ano.

    No encontro foi discutido como irá funcionar o projeto - que poderá ser tocado por grupos de trabalho (três municípios), ou de forma individual.

    O projeto também inclui a formação de grupos de trabalho nos municípios, compostos por representantes da prefeitura, da sociedade civil e do poder legislativo municipal, já definido no encontro de hoje.

    De 2017 a 2020, o município vai receber capacitação e auxílio de modo a garantir a correta aplicação das leis federais de transparência e acesso à informação, além de estimular a participação social na gestão pública.

  • Câmara de Vereadores discute implantação da Delegacia da Mulher em Serra Talhada

    A Câmara de Vereadores de Serra Talhada promoveu uma importante reunião na manhã da última quarta-feira (13) para discutir sobre a implantação da Delegacia Regional da Mulher, em Serra Talhada, Sertão do Pajeú.

    A reunião contou com a presença da coordenadora regional da Secretaria da Mulher do Estado, Marília Correia, e dos vereadores Nailson Gomes, Rosimério de Cuca, Antônio de Antenor, Zé Raimundo e Vera Gama.  Segundo o presidente da Câmara Municipal, Nailson Gomes, haverá mais uma reunião sobre o tema no próximo dia 22 de setembro com a presença da secretária estadual da Mulher, Silvia Cordeiro.

    "Essa é uma discussão importante que não pode sair de pauta, e é uma preocupação do Legislativo Municipal, uma vez que representa uma ferramenta de fortalecimento ao enfrentamento a violência contra a mulher em nossa cidade e na região. Estamos discutindo os entraves junto com o Governo do Estado e esperamos que essa delegacia  possa ser implementada o mais breve possível", afirma Nailson Gomes.

    O tema deverá ser discutido ainda durante o XVIII Fórum Estadual de Organismos Governamentais de Políticas Públicas para as Mulheres da Região do Semiárido que será realizado nesta sexta-feira, 22 de setembro, no auditório do Cineteatro Guarany, em Triunfo/PE, a partir das 08:30h.

  • Agricultores de Flores participam de Encontro Territorial, nesta quarta (19)

    Tem início na manhã desta quarta-feira (20) e segue até a quinta-feira (21), o Encontro Territorial do Centro de Educação Comunitária Rural – CECOR, a partir das 08h, no auditório da instituição, em Serra Talhada, Sertão do Pajeú.

    Com o tema "Consolidando Ações de Convivência com o Semiárido" e o lema "Ações que transforma vidas", o encontro vai contar com a participação de 50 agricultoras e agricultores dos municípios de Serra Talhada, Salgueiro, Santa Cruz da Baixa Verde, Triunfo, Flores, Carnaíba e Quixaba.

    Participam da atividade agricultoras e agricultores que tiveram tecnologias sociais implementadas em suas propriedades pelo CECOR através dos projetos P1+2/FBB, Pernambuco Mais Produtivo (PMP) e Ater Agroecologia. Entre as tecnologias sociais implementadas, destaque para as cisternas calçadão de 52 mil litros, tanques de pedra, abrigos de armazenamento e fogões ecológicos.

    O primeiro dia do encontro acontecerá no auditório do CECOR, com Café Agroecológico, apresentação dos participantes e exposição das ações desenvolvidas pela instituição, exibição de vídeo e trabalhos em grupo. Na quinta-feira (21) a programação será no Assentamento Poço do Serrote, em Serra Talhada, Carrossel de Experiências, grupos de trabalho e avaliação final.

  • IF Sertão-PE abre processo seletivo simplificado para contratação de professores substitutos

    O Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) lançou, nesta terça-feira (19), o edital nº 53/2017, referente à contratação de Professores Substitutos por meio de seleção simplificada. As inscrições começam amanhã (20) e seguem abertas até o dia quatro de outubro. São 18 vagas disponíveis, distribuídas entre os sete campi do Instituto (Serra Talhada, Petrolina, Petrolina Zona Rural, Floresta, Salgueiro, Ouricuri e Santa Maria da Boa Vista). A remuneração varia de acordo com a titulação do candidato, podendo chegar a R$ 4.241,05 (para candidatos com mestrado). 

     O tempo de duração do contrato é específico para cada vaga, e pode ser consultado no edital. Há oportunidades disponíveis para as áreas de Administração, Espanhol, Pedagogia, Zootecnia, Filosofia, Informática, Matemática, Música, Psicologia, Física, Viticultura e Enologia, Biologia, Tecnologia de Alimentos e Inglês. Para se inscrever, o candidato deve preencher a ficha de inscrição disponível no endereço eletrônico http://concurso.ifsertao- pe.edu.br/copese, pagar a taxa, no valor de R$ 60, e entregar presencialmente a documentação necessária (constante no edital) no setor de Gestão de Pessoas do campus escolhido. Para o campus Serra Talhada, está sendo ofertada uma vaga com contratação imediata para profissionais graduados em Administração ou Engenharia de Produção. 

    O Processo Seletivo constará das modalidades de Provas de Desempenho Didático, que serão realizadas nos dias 10 e 11 de outubro, no campus da vaga desejada, e avaliação dos Títulos, entre o período de 13 e 16 de outubro. O resultado parcial está previsto para o dia 17 de outubro. Informações mais detalhadas, como requisitos para inscrição, isenção de taxa de inscrição, quadro de vagas, cronograma e endereço dos campi deverão ser consultadas no edital que rege a seleção. 

    Acesse aqui o edital nº 53/2017. 

  • Ao entregar novos veículos, Duque diz que sua equipe tem capacidade e talento para captar recursos

    O prefeito Luciano Duque entregou na manhã desta segunda-feira (18) sete novos veículos para reforçar a frota da Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, além de uma máquina ensiladeira à Secretaria de Agricultura Familiar e Recursos Hídricos.

    Foram entregues 01 ônibus escolar adquirido através do Programa Caminhos da Escola; 01 Fiat Strada adquirido com recursos próprios para apoio às creches e escolas da zona urbana; 01 Sprinter através do programa Parceiro do Idoso, via Banco Santander; 01 Sprinter para o Centro de Atendimento a Usuários de Drogas (CAUD), através de financiamento do Programa Amigo de Valor do Banco Santander; 01 carro Fiat para o Centro de Referência Especializado de Assistência Social(CREAS), financiada pelo Itaú Social; e 02 carros Fiat adquiridos com recursos do Governo Federal para atender o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

    Na oportunidade, além dos sete veículos entregues, a máquina ensiladeira adquirida através do ProjetoProinf foi repassada pela Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Urbano de Serra Talhada. “Estamos entregando mais um ônibus para que nossas crianças possam ir e vir em veículos adequados, porque esse é o nosso desejo e compromisso, e desde que assumimos a gestão passamos a adotar o fim do pau de arara, oferecendo transporte de qualidade para os estudantes”, disse o prefeito Luciano Duque destacando a entrega de mais um ônibus escolar.

    O gestor destacou também a importância dos veículos para fortalecimento do trabalho prestado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania. “Na área de desenvolvimento social não é diferente, estamos mostrando que temos capacidade e talento para irmos buscar recursos, tanto através dos governos federal e estadual, quanto junto às instituições parceiras do terceiro setor, a exemplos das duas Sprinters que vão atender nossos idosos e fortalecer o trabalho socioeducativo com jovens e adolescentes, além dos veículos destinados para os serviços do CRAS e CREAS”, completou o prefeito.

  • Polícia prende suspeitos de atirar no jornalista Alexandre Farias

    Materiais foram apreendidos com os suspeitos (Foto: Divulgação/Polícia Civil) Fonte: G1/PE

    Foram presos três dos cinco suspeitos de atirar no jornalista Alexandre Farias em Caruaru, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, as prisões ocorreram após um tiroteio na tarde desta segunda-feira (18) no sítio Maniçoba, na zona rural do município. Um quarto suposto criminoso foi morto a tiros durante o confronto, conforme informou a polícia.

    Ainda segundo a Polícia Civil, o quinto suspeito fugiu. A troca de tiros entre policiais e os criminosos durou cerca de 15 minutos. Os suspeitos foram presos após a polícia receber uma denúncia.

    Equipes da Polícia Civil e Militar se dirigiram até uma casa da zona rural e foram atendidos por uma mulher, que informou que não havia mais ninguém no local. Após ouvirem barulhos, os policiais entraram na residência e trocaram tiros com os supostos criminosos.

    Os suspeitos devem ser encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Caruaru.

  • Vereador diz que Câmara tira recursos da segurança para colocar no FEM e cobra resposta de Sebastião

    O vereador Zé Raimundo (PTC), que integra a bancada de parlamentares governistas, ligados a Luciano Duque (PT) voltou a fazer fortes criticas ao modelo de gestão, assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB), em Pernambuco. Lembrando-se do falecido ex-governador, Eduardo Campos, que conseguiu êxito com o programa “Pacto pela Vida”, Zé embalou o discurso dizendo que, “por irônia do destino a gente volta ao Fantástico (programa jornalístico da rede globo, exibido aos domingos), que nos deixam estarrecidos, com a notícia da morte do jornalista e dois jovens mortos no Recife-PE”, discursava o parlamentar continuando em tom crítico em direção a Paulo Câmara (PSB).

    “Ele ainda (Paulo Câmara) assina um decreto, tirando recurso da saúde, da segurança pública para direcionar para o FEM, ou VEM ou DEM, para capitanear prefeitos. É lamentável é preocupante e, nós não podemos ficar calados diante desta situação”, disparou Zé.

    A indignação do parlamentar ainda foi direcionada para o Secretário de Transportes, Sebastião Oliveira do PR. Citando o nome do auxiliar de Câmara, o aliado de Duque continuou:

    “O povo de Serra Talhada quer obras e precisa de respostas na educação e principalmente na segurança pública. A população sabe julgar e saber ver as obras que estão sendo realizadas em Serra Talhada e não aguenta mais esse discurso mesquinho, precisamos ter serenidade, assumir erros e olhar nos olhos das pessoas, dizer como está sendo feitos e não ficar a distancia só recebendo informações. De falácia, o povo já está cheio”; Provocou o Secretário de Trasnportes, Sebastião Oliveira do PR.

  • Ainda sobre prêmio recebido por Duque no México, Controlador Geral rebate críticas de adversários

    Imagem: Arquivo/Júnior Campos

    O Prêmio Latino-Americano ao Bom Governo Municipal concedido pela Federação Latino-Americana de Cidades, Municípios e Associações Municipalistas (FLACMA), na categoria Município Transparente, recebido pelo prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), no México - voltou a ser discutido, em sessão plenária da Câmara de Vereadores, do mesmo município, nesta segunda-feira (18).

    Após ironias de oposicionistas e questionamentos de setores da imprensa sobre a confiabilidade do prêmio, o Controlador Geral do Município, Thehunnas Peixoto, usou a tribuna do parlamento para rebater críticas e reforçar que entre os fatores responsáveis pela indicação de Serra Talhada, destaca-se a nota 10 em transparência pública alcançada pelo município em 2015 e 2017 junto à Escala Brasil Transparente (EBT), divulgada pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU).

    O auxiliar de Duque (PT), ao se inclinar para o presidente da Casa, Nailson Gomes (PTC) destacou que, “criamos uma equipe de auto desempenho, que realiza um monitoramento constante” e comemorou afirmando que Serra Talhada “é exemplo nacional de transparência pública. Fomos duas vezes consecutivas em primeiro lugar em transparência. Foi um fator de um trabalho efetuado de probidade administrativa”, completou.

    A fala do Controlador Geral do município foi engrandecida pelo vereador independente, Gilson Pereira do PROS, que tem uma voz constante no parlamento, no tocante Transparência Pública.

    “Está explicando como se faz uma administração proba e dando toda explicação como está sendo usados os recursos públicos”. Reconheceu. Gilson ainda aproveitou à presença do secretário, para explicar atrasos de pagamentos pela prefeitura. “Quem menos ganha, quem menos tem se atrasa tanto”, criticou o parlamentar, que ouviu do auxiliar de Duque que não estava ali para falar sobre outro tema e estaria levando o questionamento para o responsável direto.

     

  • TCE acata denúncia contra ex-prefeito de Sertânia

    Durante sessão ocorrida na última terça-feira (12), a Primeira Câmara julgou procedente, de forma unânime, denúncia formulada pelo vereador Antônio Henrique Ferreira dos Santos contra o ex-prefeito e ordenador de despesas do município de Sertânia, Gustavo Maciel Lins de Albuquerque e aplicou-lhe uma multa no valor de R$ 3.878,50. O relator do processo (n° 1604164-1) foi o conselheiro Ranilson Ramos, que determinou a anexação do seu voto à prestação de contas da prefeitura e do Fundo Previdenciário do exercício de 2016.

    Segundo a denúncia, a prefeitura de Sertânia realizou o parcelamento de débitos previdenciários referentes à parte patronal, de abril de 2014 a janeiro de 2016, já tendo feito, anteriormente, outro parcelamento em relação às contribuições não recolhidas entre julho e dezembro de 2013. Ainda de acordo com a denúncia, apenas em 2015 a prefeitura gastou R$ 615.080,00 para realizar eventos festivos. Em contrapartida, deixou de recolher ao Instituto Próprio de Previdência o montante de R$ 1.275.758,90.

    A denúncia foi analisada por uma equipe técnica do TCE, que elaborou relatório apontando que, apesar de o parcelamento ter sido legal, o ex-prefeito não está isento de responsabilidade por ter gerado o débito. Além disso, o parcelamento de débitos previdenciários não sana irregularidades praticadas em exercícios anteriores. Ainda de acordo com a equipe técnica, o estado de calamidade financeira em que se encontra o Instituto de Previdência do município é evidente, uma vez que vem atrasando sistematicamente o pagamento da folha dos aposentados e pensionistas vinculados à instituição.

    O relator do processo fundamentou seu voto em parecer de autoria da procuradora Maria Nilda da Silva. 

  • No Ceará, Danilo Cabral classifica privatização da Chesf de ato criminoso

    A privatização do sistema Eletrobras, em especial da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), foi tema de audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Ceará nesta segunda-feira (18). Presidente nacional da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf, Danilo Cabral (PSB), afirmou que o evento é mais uma demonstração que a população, de todos os estados do Nordeste, começa a compreender as consequências da iniciativa do governo federal.

     

    "A sociedade já entendeu que essa privatização criminosa vai representar, inevitavelmente, o aumento da conta de luz. A participação e mobilização da sociedade é que barrará a venda do São Francisco", declarou Danilo Cabral. O deputado lembrou que a Chesf construiu bases para o desenvolvimento econômico e é a maior geradora de energia elétrica do Brasil. "Em defesa do Nordeste e da soberania do nosso País, não podemos permitir esse desmonte do governo federal", acrescentou.

     

    O deputado estadual cearense Elmano Freitas (PT), autor do pedido de audiência pública, destacou a importância de uma mobilização nacional para barrar as privatizações promovidas pelo Governo Federal. O parlamentar salientou que as privatizações são uma quebra de direitos democráticos. "O governo Temer está promovendo um desmonte no Brasil e, recentemente, o sistema elétrico foi incluído entre as privatizações. Precisamos debater exaustivamente e buscar soluções que não permitam a venda do nosso País", declarou.

     

    Para o presidente da Frente Parlamentar no Ceará, deputado federal André Figueiredo (PDT-CE), o patrimônio público do País está sendo entregue de forma "irresponsável". "Parabéns à Assembleia Legislativa que, nesse cenário de crise, se posiciona trazendo deputados e sociedade para debater um tema tão importante para o Brasil", enfatizou.

    Participaram ainda no debate os deputados federais, Odorico Monteiro (PSB), da Frente Nacional pela Soberania Popular; Leônidas Cristino (PDT-CE); José Airton (PT-CE); além de representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB); Sindicato dos Eletricitários do Estado do Ceará (Sindeletro); Central Única dos Trabalhadores (CUT); Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e representantes da Chesf.

  • Criminalidade em alta em ST, vacâncias anunciadas por Ricardo e o cenário político para 2018 em PE

    AGENDA: Em Serra Talhada, o prefeito Luciano Duque do PT agendou para esta segunda-feira (18), logo mais às 8h, a entrega de ônibus escolar e duas sprinters.  O ato vai acontecer na Praça Sérgio Magalhães.

    CRIMINALIDADE EM ALTA: Enquanto o prefeito busca manter uma agenda positiva, os moradores de Serra Talhada vivem a mira de um revolver e reféns da criminalidade.  Só no último sábado (16), o 14º Batalhão registrou: tentativa de assalto, invasão de domicílio e duas tentativas de homicídios.

    NO TCE: Dirceu Rodolfo, relator do processo que multou a prefeitura de Calumbi em R$ 7.590 por não enviar o SAGRES, considerou frágeis os argumentos da defesa da Sandra Magalhães (PT), gestora do município e homologou o Auto de Infração lavrado pela Inspetoria de Arcoverde, que deverá ser recolhida no prazo de 15 dias do trânsito em julgado desta decisão.  

    AINDA LÁ: O Tribunal de Contas negou ao presidente da Câmara Municipal de Betânia, Durvanil Barbosa, o pedido de reajustar anualmente o subsídio dos vereadores na mesma data do reajuste dos vencimentos dos servidores do Legislativo Municipal.

    O voto do relator foi acompanhado pelos conselheiros João Carneiro Campos, Teresa Duere, Marcos Loreto, Dirceu Rodolfo e Ranilson Ramos e o conselheiro substituto Marcos Flávio.

    NA PARAIBA: Em Princesa Isabel, o prefeito Ricardo Pereira (PSB) aumentou o tom irônico em direção aos seus adversários. Na classificação do socialista, o ninho tucano liderado por Sidney Oliveira, só tem “falsos santos, que se figuram como os santos dos altares”.

    Além do rótulo, Pereira manteve deboche, dizendo que vai mandar trazer psiquiatra para os vereadores, “eles vão enlouquecer”! Exclamou, ao falar sobre a festa de emancipação política. Ainda em tom esbravejante, em entrevista ao comunicador Alberto Ribeiro, Pereira revelou que vereadores do bloco de oposição, “deverão se preocupar com duas vacâncias que vão acontecer na oposição”.

    2018: Hoje, existe uma possibilidade de que três candidaturas ao governo sobrevivam até 2018. Os nomes colocados para concorrer ao governo do estado, neste momento, são os do governador e candidato à reeleição, Paulo Câmara (PSB), e dos senadores Armando Monteiro Neto (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (PMDB), que poderia ceder o lugar para o filho, o ministro Fernando Filho (PSB).

    A vereadora Marília Arraes (PT) também tem sido cogitada, mas a legenda petista quer aguardar mais tempo para analisar melhor o cenário nacional. Os primeiros movimentos mostram quem está mais na retaguarda, quem arrisca e quem quer adiar ao máximo o debate político.

     

  • Temer pede a Fachin que devolva nova denúncia a Janot

    Em petição protocolada no final da tarde desta sexta-feira no Supremo Tribunal Federal (STF), os advogados do presidente Michel Temer (PMDB) pediram ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, que a segunda denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o peemedebista seja devolvida imediatamente à Procuradoria-Geral da República (PGR). 

    Eles alegam que o procurador incluiu “fatos delituosos” anteriores ao mandato de Temer, “razão pela qual o chefe da Nação não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções”.

     

    O pedido a Fachin é subscrito pelos criminalistas Antônio Cláudio Mariz de Oliveira e Jorge Urbani Salomão, que defendem o presidente.