2018: Câmara e Renata Campos se encontram com Lula em São Paulo


 

Enquanto a vereadora do Recife, Marília Arraes do PT se movimenta, para obter do Partido dos Trabalhadores - PT, a credencial para disputar a cadeira de governadora de Pernambuco, hoje ocupada por Paulo Câmara, pré-candidato à reeleição. O ex-presidente, Lula (PT),  segue sinalizando que a legenda deverá  compor com à Frente Popular de Pernambuco, liderada por Câmara. 

 

No início da noite desta quinta-feira (15), Câmara usou o seu perfil no facebook para registrar um encontro que teve no instituto Lula, em São Paulo, com líder petista. Renata Campos, esposa do ex-governador, Eduardo Campos (falecido), acompanhou o governador.

 

"Me reuni na tarde desta quinta-feira (15/02), em São Paulo, com o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. A ida ao Instituto Lula foi uma retribuição à visita que Lula fez à casa de Renata, em agosto do ano passado, e a recente entrevista dada pelo Ex-Presidente ao Programa de Geraldo Freire", justificou Câmara.

 

Paulo ainda completou escrevendo que, com o ex-presidente, conversou sobre o Brasil, "sobre os desafios que temos para fazer o País voltar a crescer, principalmente para gerar empregos para o nosso povo, em especial os nordestinos, tão afetados pela atual crise".

 

O encontro também contou com as presenças da presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e do chefe de Gabinete do Governo de Pernambuco, João Campos.