No distrito de Fátima, Marconi autoriza construção de pavimento e perfuração de poços artesianos


Em Flores o final da tarde deste domingo (27), sétimo de paralisação da frota de transporte rodoviário nacional foi marcado pela presença da gestão municipal no distrito de Fátima com o ato de assinatura da ordem de serviço para pavimentar 1.533 m² da Rua Juscelino Kubitschek.

 

Um investimento na ordem de R$ 113.997,38 (cento e treze mil, novecentos e noventa e sete reais e trinta e oito centavos), do próprio tesouro municipal. 


Na ocasião, o prefeito do município, Marconi Santana autorizou o início da perfuração de diversos poços artesianos, que vai atender produtores rurais da região rural do mesmo distrito.

 

Morador da rua, o comerciante, Nerivaldo comemorou: “Muito bom...várias gestão já passaram e nunca aconteceu uma coisa tão boa e tão importante, para a gente aqui. Quando chove é o maior sofrimento aqui”, disse.

 

O gestor municipal, não escondeu a satisfação de ser recebido por um grande público e de levar mais ações para o distrito.

 

“Pois hoje, domingo, mesmo diante de tantas dificuldades que atravessamos, devido à paralisação do setor de transporte rodoviário nacional conseguimos concretizar, no distrito de Fátima, a assinatura da ordem de serviço para construção de pavimentação da Rua Juscelino Kubitschek, como também, a autorização para perfuração de diversos poços artesianos para os agricultores e agricultoras da região rural de Fátima”, expressou o prefeito completando: “Não estamos aqui para lamentar e sim trabalhar”.

 

A ação da gestão municipal, ainda está dentro da programação da 70ª Festa das Rosas que termina nesta quinta-feira (31), com os shows de Edu & Maraial, Zeca Botam e Elson Vaqueiro.

 

Estiveram presentes no ato de assinatura da ordem de serviço e autorização para perfuração de poços artesianos: o vice-prefeito Cícero de Moizes, a vereadora Jeane Lucas, o vereador Alberto Ribeiro, o vereador, Izidorio, secretários municipais, a delegada de Polícia Jéssica Zui, lideranças políticas e moradores da região.