Duque: Eu torço que ele [Carlos] seja candidato, sob judice, como Geni foi


 

O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque do Partido dos Trabalhadores – PT, em uma recente declaração deixou claro não se intimidar com um possível enfretamento, entre o ex-prefeito Carlos Evandro e sua auxiliar da pasta de saúde, Márcia Conrado, no pleito eleitoral municipal no ano em curso. Mas, ao mesmo tempo em que declarou estar do lado dos que torcem pela candidatura do seu principal adversário político, Duque ironizou:   

“Eu torço que ele [Carlos] seja candidato, sob judice como Geni foi. Sou grato [a Carlos Evandro], porém eu não vou deixar de reconhecer os nossos méritos e não estou lavando roupa suja”, declarou Duque lembrando dos votos zerados de Geni.

Acrescentando, a necessidade “de restaurar a verdade”, o líder político do bloco governista, quando provocado a comentar o motivo do rompimento político com ex-prefeito foi enfático.

“Ele se afastou e simplesmente rompeu e não fiz nada que rompesse minha relação com eles [Carlos e Socorro], revelou Luciano.