• PT entra com ação para anular exoneração de Moro do cargo de juiz O deputado Paulo Pimenta (PT-RS),

    O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, protocolou uma ação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pedindo a anulação a exoneração do juiz Sérgio Moro. Também assinam a petição os deputados Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Teixeira (PT-SP).

    O desembargador federal Thompson Flores, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o tribunal de segunda instância da Lava Jato, assinou nesta sexta-feir (16) a exoneração do juiz federal. O magistrado deixará a toga a partir da próxima segunda-feira, 19, para assumir o "superministério" de Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro em janeiro de 2019. 

  • Liminar reintegra delegada Patricia Domingos em delegacia extinta em votação da Alepe


    Atendendo a uma Ação Popular em defesa da suspensão da lei que fechou a DECASP, a 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital concedeu liminar para que a delegacia extinta por projeto de lei da Alepe continue funcionando, pelo menos nos próximos 45 dias. Na mesma decisão, o magistrado determina que a delegada afastada concluas as investigações que estavam em curso.

    Em outra ação, uma ADI que o Livres com o PPS acionou o Estado, o juiz Bandeira de Mello deu 15 dias para o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa de Pernambuco se manifestarem sobre o caso.

     

     

  • Semana do Bebê traz série de atividades especiais em Flores

    A Prefeitura de Flores, através de uma ação conjunta entre as Secretarias de Saúde, Educação e Bem Estar Social; inicia nesta próxima segunda-feira (19), uma série de atividades em diversos espaços da cidade que visam conscientizar a população sobre os direitos e a importância do desenvolvimento da criança de zero a seis anos de idade. 

    O evento – Semana do Bebê - que terá duração de uma semana será aberto oficialmente, com a apresentação do Programa Bebê Prefeito e sorteio de Kits para gestantes presentes.
     
    A Semana do Bebê de Flores será voltada às mamães, gestantes, crianças, profissionais e a qualquer pessoa interessada na temática. A programação conta com oficinas, brincadeiras, palestras, conferências, e entrega da chave da cidade, certificado e kit infantil ao recém-nascido, durante o período das atividades.

    “Será um momento muito especial, não só para nós que fazemos parte da administração municipal, como também, para toda sociedade florense que poderá comprovar como estamos avançando nas políticas públicas voltadas à primeira infância e também na mobilização da sociedade, no sentido de mostrar o quanto fundamental esse trabalho com as crianças nos seus primeiros anos de vida”, explicou a Secretaria de Saúde – Joselma Cordeiro.
     
    Confira a programação completa AQUI!
     

     

  • LULA: Nunca foi tão fácil ser ladrão neste País

     

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse à juíza Gabriela Hardt nesta quarta-feira, 14, que “nunca foi tão fácil ser ladrão nesse País”. Interrogado por três horas na ação penal em que é réu no caso do sítio de Atibaia, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o petista exaltou-se quando questionado sobre propinas pagas no âmbito de contratos da Petrobras e a criação de um suposto “caixa-geral” do PT, que teria sido administrado pelo ex-tesoureiro da legenda João Vaccari, preso na Operação Lava Jato desde abril de 2015

    Eu não acredito”, disse Lula, durante a audiência marcada por um embate nervoso e ríspido com a magistrada.“O senhor não acredita, mas foi lhe dito nos outros depoimentos sobre quantidades de valores devolvidos por diretores e gerentes da Petrobras relativos a propinas e os valores em contas bloqueadas de políticos no exterior”, seguiu Gabriela Hardt.

    “Aí é caixa deles, na verdade eles ganhavam um prêmio. Nunca foi tão fácil ser ladrão nesse país. Você rouba, aí depois você faz a delação e fica com um terço do roubo ou dois terços do roubo”, retrucou o ex-presidente.

  • Mais Médicos: Duque teme que prefeitos carreguem a culpa, faz previsão e alerta para 2019

    O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque do Partido dos Trabalhadores – PT reagiu hoje cedo, adversamente em direção as recentes declarações do presidente eleito, Jair Bolsonaro do PSL, em relação ao Programa Mais Médicos.

    O Capitão da Reserva do Exército Brasileiro usou sua conta no twiter, nesta quinta-feira (14), onde condicionou à continuidade do programa, a aplicação de teste de capacidade e salário integral aos profissionais cubanos, justificando que, “hoje maior parte [do dinheiro] estão sendo destinados à ditadura”.

    A declaração do novo Presidente da República deixou os prefeitos municipais sem sono – condição motivada pelo governo Cubano que decidiu de forma imediata, abandonar o Mais Médicos no Brasil; cravando o fim da parceria com o governo brasileiro.

    Ao falar com Júnior Campos, Duque que administra a maior cidade da região do Pajeú, em tom de lamento, já adiantou como será o serviço de saúde em 2019, caso não haja um entendimento entre o novo governo e Cuba.

    “... 29 milhões de Brasileiros sem assistência médica. A Associação Brasileira dos Médicos - ABM aplaude. Se já era difícil conseguir um médico para assumir nossas unidades, agora com certeza ficaremos desassistidos. Começaremos 2019 com menos atendimento para população”; disse Luciano acrescentando:

    “Voltemos ao passado, e quem será o culpado? O prefeito que não cuida da população...temos que reagir”, finalizou em tom de alerta e cobrança à classe de gestores municipais.

  • Bolsonaro disse que o médico cubano que desejar ficar no Brasil, receberá asilo político

     

    Ao anunciar que estava largando o programa Mais Médicos, o Ministério da Saúde Pública de Cuba pode ter imaginado que estaria dando um golpe fulminante no próximo governo brasileiro.

     

    Afinal, de uma hora para outra, sem previsão, 8.332 profissionais cubanos serão obrigados a deixar mais de 24 milhões de brasileiros sem assistência médica. Só, em São Paulo, são 8,5 milhões.

     

    Desses limões enviados por Cuba, no entanto, Jair Bolsonaro pode ter encontrado a receita para uma suculenta limonada.

    Em português claro: ao propor acolhimento institucional ao profissional que deseja ficar, Bolsonaro pode ter aberto uma fenda de proporções oceânicas na política cubana.

     

    Uma conta importante: o Brasil gasta, por mês, R$ 95.984.640,00 com os cubanos. Dessa grana, R$ 70.988.640,00 ficam para o governo do presidente Miguel Díaz-Canel. Ou seja, mais de R$ 850 milhões anuais.

     

    Além de perder essa dinheirama, os herdeiros de Fidel Castro ainda correm o risco de passar pelo constrangimento de terem muitos médicos abandonando as regalias e encantos do regime socialista.  

     

    De qualquer modo, Cuba pode retaliar, impondo restrições à saída dos familiares. Mas, aí, criaria uma monumental crise humanitária.  Resumo dessa rumba: Bolsonaro pode ter dado uma rasteira em Cuba.

  • Governadores do Nordeste entregam carta a Bolsonaro e pedem audiência

    Com apenas o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), como representante do Nordeste na reunião com o presidente eleito JairBolsonaro (PSL) nesta quarta-feira (14), os chefes do Executivo do Nordeste entregaram uma carta ao capitão reformado do Exército. A entrega foi feita pelo próprio petista - que foi escolhido como porta-voz do grupo. A justificativa dada na carta é que a maioria dos gestores estão em missão no exterior. No texto, os gestores pedem diálogo com Bolsonaro e solicitam uma audiência com o presidente eleito.

    "Sentimos a necessidade de que tais questões sejam amplamente discutidas e tenham uma atenção especial da futura gestão do Governo Federal, uma vez que a Região representa um grande potencial para o País, mas carece de investimentos e ajustes para que seu desenvolvimento seja acelerado e beneficie toda uma população."
     
    Os governadores nordestinos fazem um apelo por ações integradas de enfrentamento à violência. Também tratam da necessidade de aprimorar a "sustentabilidade dos regimes próprios de previdência social dos estados da região". Os administradores querem um sistema que "não penalize pobres e mulheres". 
     

  • Prefeitura anuncia início da reforma da Praça Sérgio Magalhães

    Após inauguração da Praça Barão do Pajeú dentro das festividades do último mês de setembro, a Prefeitura de Serra Talhada anunciou nesta terça-feira (13), o inicio das obras de reforma da Praça Sérgio Magalhães. O ato de autorização de execução do serviço acontecerá no próximo dia 23 de novembro, às 16h30. Serão aproximadamente 3.560 metros quadrados de área pavimentada e reformada. “Um sonho do povo de Serra Talhada que está se concretizando. Entregamos a Barão do Pajeú e agora estamos retomando a obra na Sérgio Magalhães”, comemorou o prefeito Luciano Duque.

    Orçada em aproximadamente R$ 750.000, com contrapartida no valor de R$ 45.000, a Praça Sérgio Magalhães receberá áreas de paisagismo, ornamentação com vegetações típicas da região, acessibilidade, iluminação com refletores em Led30w, luminárias subaquática 9w, luminárias em postes de 50w, obras de arte e ornamentação com pergolado metálico, Espaço Rosa dos ventos, Espaço Molhado, esculturas de Maria bonita e Lampião e Escultura Caatingueira.

    O secretário de Obras e Infraestrutura, Cristiano Menezes, detalha como será o cronograma de execução do serviço. “Pensando em diminuir o máximo possível os transtornos à população, uma vez que a Sérgio Magalhães é uma área muito movimentada da cidade em virtude da presença dos bancos, lotéricas e comércios no local, decidimos dividir a obra em duas etapas. Primeiro vamos fazer sessenta por cento da reforma, deixando livre a parte de baixo próximo aos bancos, e então quando a gente concluir a primeira etapa que já puder inaugurar, iniciaremos o restante da praça”, explicou. Ainda segundo ele, a previsão é que a obra esteja totalmente concluída no segundo semestre de 2019. “Nosso objetivo é inaugurar a praça na abertura da Festa de Se tembro do ano que vem”, concluiu.

  • Deputada classifica fechamento da FAV de escândalo

    O encerramento das atividades da filial da Fundação Altino Ventura (FAV) em Arcoverde (Sertão do Moxotó) ganhou repercussão, na Reunião Plenária desta segunda (12), nos discursos dos deputados Socorro Pimentel (PTB) e  Aluísio Lessa (PSB).

    O fechamento da unidade, que realizava atendimento oftalmológico em convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS), foi anunciado nesse domingo (11) e motivado, segundo a entidade, por falta de repasses do Governo Estadual.

    A atitude foi criticada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), que disse estar trabalhando para criar outro serviço de oftalmologia na cidade sertaneja.
    A deputada do PTB, Socorro Pimentel, classificou o fato como um “escândalo” e completou: 
     
    “Apesar de diversas negociações com a Secretaria de Saúde, esse valor não foi pago. O que está acontecendo é um desrespeito ao povo pernambucano”, declarou a petebista. Segundo a deputada, o débito do Governo com a Fundação Altino Ventura é de R$ 18,5 milhões. “Em 32 anos de existência, essa instituição já teve mais de 13 milhões de beneficiados. Ela é um patrimônio do Estado”, frisou.
     

  • TCE julga auditoria realizada em Custódia e nomeações em Carnaíba

    A 2ª Câmara da Corte de Contas de Pernambuco julga nesta terça-feira (13), auditoria Especial realizada no Instituto de Previdência Municipal de Custódia - CUSTOPREV no exercício financeiro de 2018, para análise de possíveis irregularidades nas contas do instituto. Já a primeira câmara, julga admissão de Pessoal realizada pela Prefeitura Municipal de Carnaíba no exercício financeiro de 2016, referente a concurso público para nomeação de 16 servidores. O prefeito à época, Zé Mário Cassiano.

  • Adutora do Pajeú entra em operação em Serra Talhada e Princesa Isabel

    Da Folha de PE

    A partir do fim de novembro, aproximadamente 280 mil moradores do Sertão do Pajeú e da Paraíba receberão água tratada nas suas casas, com a entrada em operação da segunda etapa do Sistema Adutor do Pajeú. A obra, que teve a primeira fase entregue há quatro anos, está com 62% dos trabalhos concluídos.

    A informação foi confirmada pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), órgão vinculado ao Ministério da Integração e que está à frente das obras. O empreendimento, orçado em R$ 483,4 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) – sendo R$ 190,8 milhões destinados à primeira etapa e R$ 292,6 milhões para a segunda – faz parte do conjunto de ações do Governo Federal a fim de garantir maior oferta de água aos sertanejos.

    Os serviços deste segundo trecho incluem montagem de tubulação e instalação de equipamentos hidromecânicos, o que oferece um “grande grau de complexidade às obras”, segundo o Dnocs, ao justificar o porquê de a entrega ocorrer quatro anos após a primeira etapa. Nesta segunda fase, a água será distribuída a 32 localidades dos estados de Pernambuco e Paraíba, por meio do ramal localizado em Sertânia, no Sertão do Estado. A primeira etapa, em operação desde 2014, já beneficia mais de 173.300 pessoas. Com a conclusão das duas etapas da adutora do Pajeú, a previsão é de que aproximadamente 505 mil habitantes de 32 localidades de Pernambuco e Paraíba sejam beneficiados.

    Só em Pernambuco, segundo o Dnocs, serão contemplados o povoado Nazaré do Pico, no município de Floresta; três distritos (Canaã, em Triunfo, Tupanaci, em Mirandiba e Riacho do Meio, em São José do Egito); e mais 20 cidades, sendo Floresta, Betânia, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Calumbi, Triunfo, Santa Cruz da Baixa Verde, Flores, Carnaíba, Quixaba, Afogados da Ingazeira, Iguaraci, Ingazeira, Solidão, Tabira, Tuparetama, Santa Terezinha, São José do Egito, Itapetim e Brejinho. Já na Paraíba, oito municípios serão contemplados pelo projeto, sendo eles Imaculada, Desterro, Livramento, São José dos Cordeiros, Taperoá, Princesa Isabel, Teixeira e Cacimbas.

    O projeto

    De acordo com o Dnocs, todo o projeto da adutora do Pajeú, dividido em duas etapas de implementação, contemplam obras de captação no lago de Itaparica, nas estações de bombeamento (EBV) 4 e 6 do eixo leste da transposição do Rio São Francisco e a construção de 20 estações elevatórias, entre outras intervenções. A extensão da obra é de 598 quilômetros, sendo 196,8 quilômetros na primeira fase e 402 quilômetros na segunda

  • Nos dias 19 e 20, prefeitos de todo o Brasil vão pressionar Temer e o STF

    A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lançou uma convocação para todos os gestores municipais para participarem da última Mobilização Municipalista do ano de 2018. O evento terá início na sede da CNM, em Brasília, nos dias 19 e 20 de novembro.

    A expectativa da entidade é que os Municípios possam dialogar com os Três Poderes nos dois dias de mobilização. Para o dia 19, às 13h30, está previsto Encontro com o presidente da República, Michel Temer.

    A Temer, os prefeitos devem solicitar o andamento de pautas, como: Encontro de Contas; RPPS – alíquota suplementar/Pasep; Precatórios; UPAs e outras.

    Já no dia 20, a previsão é de que os municipalistas se reúnam no Supremo Tribunal Federal (STF), às 10h, e no Congresso Nacional às 14h. No Judiciário, a pauta será o pedido de julgamento dos royalties – pauta travada pela suprema Corte há 6 anos. Na ocasião, os gestores entregarão as mais de 80 mil assinaturas já coletadas pelo movimento municipalistas. Para somar forças à ação acesse aqui e participe do abaixo-assinado.

    Junto aos parlamentares, os gestores devem solicitar avanços de pautas como: Imposto Sobre Serviços (ISS); Nova Lei de Licitações; Lei Kandir; 1% para setembro; RPPS; Piso do Magistério; MP Saneamento; Conselho de Gestão Fiscal; e outras.

  • Enem 2018: Confira gabarito extraoficial do segundo dia de prova

    Estudantes fizeram neste domingo, 11, o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. Os vestibulandos responderam noventa perguntas das áreas de matemática e ciências da natureza. Abaixo, o gabarito extraoficial deste segundo dia de provas.

  • Prefeitura de Flores investe em arborização pública, no Bairro Vila Nova

     

    Em Flores, a Prefeitura segue investindo em ações que estão melhorando a qualidade de vida da população. No Bairro Vila Nova, a administração municipal, já entregou o calçamento da Rua da Alegria, concluiu o pavimento da Avenida Maria Edméa Martins Santana e deu início, neste sábado (10), aos trabalhos de arborização dos novos canteiros, às margens da rodovia estadual PE-320, o que não só vai embelezar e organizar o ambiente urbano, como também, contribuir para uma vida mais saudável e harmoniosa para os moradores.

     

    O prefeito, Marconi Santana, a primeira dama Lucila, a vereadora Jeane Lucas, e servidores da Secretaria de Infraestrutura e limpeza urbana, trabalharam durante todo o dia para concluir, mais um plano de arborização urbana.

     

    “Gesto que nos enche de orgulho, pois o nosso amor maior é nossa cidade. Lugar que escolhemos para morar e cuidar. Queremos uma Flores cada dia mais florida, harmoniosa e receptiva”; escreveu o prefeito em sua página oficial no facebook.

     

  • Serra-talhadense recebe homenagem do Tribunal de Contas

    Natural de Serra Talhada, um dos principais municípios do Sertão de Pernambuco, Sebastião Ignácio de Oliveira Neto foi um dos 50 homenageados pela passagem do Jubileu de Ouro do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE). O evento que aconteceu, na quinta-feira (8), foi bastante prestigiado e contou com as presenças do governador Paulo Câmara, do prefeito de Recife, Geraldo Júlio, além de diversas personalidades da vida política do estado.

     

    O conselheiro Sebastião Ignácio de Oliveira Neto, que é pai do deputado federal Sebastião Oliveira e do suplente de senador Waldemar Oliveira, foi um cinco dos ministros – atuais conselheiros - fundadores do TCE. A nomeação dele consta no Ato nº 3021 de 11/10/1968, assinada pelo então governador Nilo de Souza Coelho. Oliveira Neto exerceu esse cargo no biênio 1968/69.

     

    Durante os 20 anos seguintes – 1970 a 1990 -, dedicou-se ao exercício da função de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, onde foi presidente em duas oportunidades: 1976/77 e 1987/88.

     

    A medalha em homenagem (in memoriam) ao conselheiro Sebastião Ignácio de Oliveira Neto foi entregue ao filho Waldemar Oliveira, que na ocasião representou a família. O conselheiro até hoje é lembrado em sua cidade natal pelo imenso legado que deixou em defesa de Serra Talhada e do seu povo.

    História

    Filho de Manoel Inácio de Oliveira e de Francisca Nunes de Oliveira, Sebastião Ignácio de Oliveira Neto nasceu no dia 25 abril de 1929 e faleceu aos 61 anos de idade. Casado com Célia Maria Araújo Andrada Oliveira, ele concluiu o curso de Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1958.

     

    Durante 16 anos - 1950 a 1968 -, Oliveira Neto ocupou o cargo de superintendente do Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA). Em 1962, o sertanejo passou a integrar os quadros do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), exercendo o cargo de escrivão da oitava vara Criminal da Comarca do Recife.

     

    Sebastião Ignácio de Oliveira Neto foi o primeiro membro da família Ignácio de Oliveira a assumir uma cadeira de deputado estadual. Isso aconteceu entre anos de 1963/66 e 1967/68. Na Assembleia Legislativa de Pernambuco - Alepe, Oliveira comandou a vice-presidência da Casa de Joaquim Nabuco entre 1963 e 1964. Seguindo os caminhos do pai, Sebastião Oliveira, que está a caminho do seu segundo mandato de deputado federal, ocupou por três mandatos uma das cadeiras do Poder Legislativo de Pernambuco.

  • Ministério Público de Pernambuco cria grupo de promotores para participar de investigações de delega

    O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) anunciou, nesta sexta (9), a criação do Grupo de Atuação Criminal Especial (Gace), que vai atuar na investigação dos inquéritos que estavam com a Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp). A delegacia teve a extinção aprovada para a criação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

    Os procedimentos estão em tramitação nas Promotorias de Justiça do Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca e do Recife. O Gace é composto pelos membros titulares das promotorias dos municípios, que já estão à frente das investigações. A medida foi adotada pelo procurador geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

    Fazem parte do grupo seis promotores: Helena Martins Gomes, do Recife; Henrique do Rêgo Maciel e Alice de Oliveira Morais, do Cabo de Santo Agostinho; Bianca Stella Barroso, de Ipojuca; Luis Sávio Loureiro da Silveira, da área criminal; e Maviael de Souza e Silva, do Patrimônio Público.

    De acordo com o grupo de promotores, todos os inquéritos que estavam sendo investigados pela Decasp serão transferidos para o Ministério Público. Segundo a promotora Helena Martins, o acervo da Decasp é composto por, aproximadamente, 1.700 inquéritos. Desses, 1.300 dizem respeito ao Recife.

    "Eles eram controlados pela Central de Inquéritos, através das atividades do controle externo da polícia. Foi requisitado que esse acervo, referente ao Recife, viesse para que os promotores da central de inquéritos pudessem fazer uma análise e uma triagem. A partir disso é que serão dados os encaminhamentos às respectivas delegacias", explicou.

    As prefeituras do Cabo, de Ipojuca e do Recife têm contratos com a empresa Casa de Farinha, que fornece merenda escolar. Esses inquéritos eram de responsabilidade da extinta Decasp.

    No dia 29 de outubro, o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) retirou da Decasp computadores, celulares e documentos. Esse material era da empresa Casa de Farinha e foi apreendido no dia 11 de outubro, durante a operação Castelo de Farinha.

  • No Recife, Marconi Santana cobra liberação de recursos para reforma e ampliação de escola

    O prefeito de Flores, Marconi Santana (PSB), esteve esta semana, com o deputado estadual Joaquim Lira e o Secretário de Educação do Governo de Pernambuco - Frederico da Costa Amancio. 

    Ao lado de Lira, Santana cobrou ao gestor da pasta de educação, a liberação dos recursos, para o andamento da reforma da Escola Municipal Onze de Setembro, que está com os trabalhos paralizados. "Fizemos este apelo para que seja liberado, o mais breve possível, tais recursos", pulbicou o gestor Florense no facebook.

  • Ricardo Pereira: Nosso estilo é de trabalhar com a verdade

     

    Bem ao seu estilo, o prefeito de Princesa Isabel – PB - Ricardo Pereira do PSB – lançou um desafio aos seus adversários políticos, liderados por Sidney Oliveira (PSDB).

    Sem espaço na principal emissora de rádio de cidade, Pereira tem sido alvo semanalmente, de fortes críticas e de denúncias ecoadas e sustentadas pelo então, jovem advogado político e herdeiro do espólio político do seu pai, o médico Sidney Oliveira.

    Recentemente, o bloco de oposição protocolou na Corte de Contas da Paraíba e Ministério Público, denúncias contra o gestor do PSB. A reação de Ricardo foi desafiar Sidney e a bancada de oposição no parlamento para um debate, no plenário da Casa de Leis da Cidade.   

    Ao falar com Júnior Campos, Ricardo Pereira, disse não se tratar de um desafio e sim um debte público.

    "Não é desafio não! Apenas eles fizeram algumas denúnicas e nós vamos reabater em audiência pública como sempre fizemos aqui...caso a caso e um a um. Você sabe o nosso estilo é de trabalhar com a verdade e nada mais que a verdade". 

  • Bolsonaro diz ter compromisso de abrir caixa-preta do BNDES

    O presidente eleito Jair Bolsonaro armou nesta quinta-feira, em publicação no Twitter, que vai iniciar o mandato determinado a abrir a “caixapreta” do BNDES para revelar à população o destino de empréstimos realizados pelo banco ao longo dos últimos anos.

    O BNDES foi alvo de investigações da Polícia Federal, que indiciou os ex-ministros Guido Mantega e Antônio Palocci, o ex-presidente da instituição Luciano Coutinho, além do empresário Joesley Batista, da JBS, por suspeitas de operações ilícitas. Em resposta às críticas de falta de transparência, o atual presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, armou recentemente que vai ampliar o acesso a informação – já disponível no site do banco.

    Durante a campanha, Bolsonaro já havia prometido “abrir os arquivos” do BNDES e os da Petrobras, cujas sedes no Rio de Janeiro cam na mesma avenida. As duas instituições já foram alvos de investigações da Polícia Federal contra a corrupção, em especial no âmbito da Operação Lava Jato.

  • Prefeitura e 14º BPM inauguram Posto da Polícia Militar em Varzinha nesta quinta (08)

    A Prefeitura Municipal de Serra Talhada e o 14º Batalhão de Polícia Militar inauguram nesta quinta-feira (08), a partir das 16h, o Posto Policial do Distrito de Varzinha. O equipamento funcionará no prédio do antigo posto de saúde do distrito, que foi cedido pelo município ao comando da Polícia Militar de Pernambuco - PMPE, através de parceria com o governo estadual.  

    “O posto policial era um anseio da população de Varzinha, e nós fizemos o possível para contribuir, cedemos o espaço do antigo posto de saúde, reformamos e adquirimos o mobiliário, agora estamos entregando ao comando da Polícia Militar, que terá um ponto de apoio para o efetivo responsável pela segurança naquela região”, comentou o prefeito Luciano Duque.

    De acordo com informações do Tenente-Coronel Girley Figueiredo, comandante do 14º BPM, o posto contará com guarnição diária formada por três policiais militares e viatura para atender a população de Varzinha e dos demais distritos e comunidades adjacentes. “Essa parceria entre o município e a Polícia Militar vem servindo de exemplo para outras cidades da nossa Área Integrada de Segurança, por ser um modelo que vem dando certo, como no bairro Vila Bela”, destacou o coronel, se referindo ao Posto Avançado da Polícia Militar inaugurado pela Prefeitura em dezembro de 2017.